Amazonas – A pesquisa do Instituto Pontual, divulgada nesta quinta-feira, 26, mostra o ex-governador do Estado, Amazonino Mendes (Cidadania) com 28,9% das intenções de votos, seguido do atual governador do Amazonas, Wilson Lima (UB), com 23,3% da preferência do eleitorado. Wilson Lima subiu 2,4 pontos percentuais e Amazonino desceu 1,6% de março para maio deste ano.

O terceiro colocado, o atual senador pelo Amazonas, Eduardo Braga (MDB), apareceu com 17,1% das intenções de votos. Já o deputado estadual Ricardo Nicolau (Solidariedade) apareceu com 4,5% das intenções de votos.

A defensora pública do Estado, Carol Braz (PDT), aparece na pesquisa com 4,1% das intenções de votos. O ex-vice-governador do Amazonas, Henrique Oliveira (Podemos), registrou 3,0% das intenções.

O advogado Marcelo Amil (Psol) ficou com 0,7% das intenções. Brancos e nulos somaram 12,3%. Os indecisos totalizaram 6,1%.

Wilson sobe 2,4% e Amazonino desce 1,6%, diz Pontual

O governador Wilson Lima, que concorre à reeleição no pleito deste ano, subiu 2,4 pontos percentuais, conforme dados divulgados pelo Instituto Pontual nesta quinta-feira. A pesquisa mostra, ainda, a evolução dos candidatos ao cargo majoritário em pesquisa estimulada.

De acordo com o estudo, em março, o governador Wilson Lima tinha 20,9% e subiu para 23,3% em maio. Já o ex-governador Amazonino Mendes (Cidadania) tinha 30,5% e desceu para 28,9% no mesmo período.

O terceiro colocado na pesquisa, o atual senador do Amazonas, Eduardo Braga tinha 16,1% em março e subiu para 17,1% em maio.

Dados

A Pontual Pesquisas utilizou questionários previamente validados por meio de estudo piloto, por equipe treinada, “in loco” no formato “face to face” (cara a cara). As entrevistas foram sobre os cargos ao governo do Amazonas.

De acordo com o diretor do Instituto Pontual, Eric Barbosa, foram realizadas 2.685 entrevistas eleitorais, sendo 1.485 para Manaus (55,3%) e 1,2 mil indivíduos no interior (44,7%).

Conforme a pesquisa, a margem de erro máxima é de 1,89 ponto percentual para mais ou para menos, considerando o intervalo de confiança de 95%. As coletas aconteceram em Itacoatiara (157), Manacapuru (157), Parintins (149), Coari (104), Tefé (102), Maués (80), Iranduba (79), Tabatinga (73), Manicoré (72), Humaitá (64), Autazes (63), São Gabriel da Cachoeira (32) e Nova Olinda do Norte (38).

Em Manaus, foram 1.485 entrevistas, distribuídas nas seguintes zonas e bairros: Zona Centro-Oeste: Dom Pedro (25), Alvorada (56), Planalto (17), Redenção (26) e Bairro da Paz (12). No Zona Centro-Sul as entrevistas seguiram nos bairros Nossa Senhora das Graças (15), Parque 10 (42), Aleixo (21), Flores (34) e Adrianópolis (12).

Na Zona Leste as entrevistas passaram pelo Coroado (45), São José Operário (68), Armando Mendes (23), Zumbi dos Palmares (32), Mauazinho (18), Jorge Teixeira (83), Tancredo Neves (41), Gilberto Mestrinho (29) e Colônia Antônio Aleixo (14). Na Zona Norte as entrevistas passaram pelo bairro Cidade Nova (122), Novo Aleixo (77), Novo Israel (19), Santa Etelvina (30), Colônia Terra Nova (30), Monte das Oliveiras (27), Nova Cidade (51), Cidade de Deus (37) e Lago Azul (12).

Pela Zona Oeste as entrevistas seguiram pelo bairro São Jorge (24), Santo Antônio (22), Compensa (69), Lírio do Vale (22), Santo Agostinho (17), Tarumã (37), Nova Esperança (14) e São Raimundo (13). Pela Zona Sul seguiram pelo Centro (37), Cachoerinha (19), Morro da Liberdade (14), Educandos (15), São Francisco (19), Japiim (49), Petrópolis (47), São Lázaro (13), Crespo (13), Raiz (12) e Betânia (11).

O resultado da pesquisa é referente ao estudo realizado entre os dias 12 e 19 de maio deste ano em Manaus e em outros 13 municípios do interior do Estado. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) e recebeu a numeração AM-07029/2022.

Créditos: Portal CM7

Share: