Familiares do homem que teve partes do corpo encontradas em sacos de lixo, no Centro de Manaus, identificaram a vítima no Instituto Médico Legal (IML). Apesar da identificação ter sido feita, o órgão afirmou nesta quarta-feira (2) que o corpo ainda deve passar por exame de necrópsia.

As partes do corpo da vítima foram encontradas entre a madrugada e a manhã de segunda-feira (31), por trabalhadores da limpeza pública.

De acordo com o Instituto Médico Legal (IML), o exame de necrópsia feito nas partes do corpo do homem servirá para confirmar a identificação feita pela família.

A Delegacia Especializada em Homicídios e Seauestros (DEHS) investiga o caso e informou que ainda não há desdobramentos sobre quem cometeu o crime e a motivação. Os trabalhos devem avançar após a confirmação da identificação da vítima.

Crime

 

Segundo informações da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), as primeiras partes foram achadas ainda no início da manhã de segunda-feira, perto da Rua Luiz Antony.

Trabalhadores da limpeza pública se preparavam para recolher o lixo do local, quando, após jogarem os sacos no caminhão, um pé humano caiu no meio da rua. Nervosos, eles acionaram a Polícia Militar, que isolou a área. Uma equipe da Polícia Civil também esteve no local.

Já por volta das 12h30, foram achados os braços, o tronco e a cabeça do que a polícia acredita ser do corpo de um mesmo homem. Os membros estavam em sacos próximos à Praça da Bandeira Branca, no bairro de Aparecida, Zona Sul de Manaus.

Os órgãos também foram encontrados por agentes da limpeza pública que, ao verem os sacos, suspeitaram pelo ocorrido mais cedo.

Share: