O furto causou a suspensão dos serviços de telefonia e internet em aproximadamente 700 residências. As cinco pessoas foram presas e encaminhadas a delegacia

Neonildo Neves Fonseca, 38; Iering Serrão Dutra, 21; José Daniel Gonçalves Monteiro, 32; Jucelino de Almeida Gomes, 30; Sergio Pereira de Souza, 43, e Floriano Gomes de Macedo, 63; foram presos na madrugada desta sexta-feira (29) após terem furtado cabos subterrâneos de telefonia na Rua da Paz, bairro Alvorada, zona centro-oeste de Manaus.

Segundo o delegado Aldeney Goes, titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD), na quinta-feira (28), as empresas de telefonia procuraram a polícia para informar sobre o furto de cabos subterrâneos que aconteceu do dia 24 para o dia 28 de janeiro. O furto causou a suspensão dos serviços de telefonia e internet em aproximadamente 700 residências.

Os polícias foram até o local onde permaneceram de campana durante a madrugada de sexta-feira (28). Eles flagraram o momento que Floriano Gomes, comprava cabos de dois grupos que foram ao seu encontro vender o material. As cinco pessoas que haviam furtado os cabos e o receptador, foram presas e encaminhadas a delegacia.

Segundo o delegado, o furto de cabos subterrâneos para extração de cobre causa prejuízos para as empresas, para os consumidores e até para pedestres e motoristas que podem acabar caindo no buraco aberto em via pública.

Neonildo, Iering, José Daniel, Juscelino e Sérgio foram presos pelo crime de furto qualificado e Floriano Gomes pelo crime de receptação. O grupo está a disposição da justiça.

 

Share: