O jornalista foi exonerado por Arthur Neto chamado por ele de ladrão

O jornalista Márcio Noronha, articula seu retorno a Secretaria de Comunicação do Município (Semcom), na gestão do prefeito eleito David Almeida (Avante). Segundo informações de bastidores, um grupo de empresários estaria por trás da indicação de Márcio para o cargo.

Márcio Noronha já foi secretário de comunicação do município, e depois chefe da Casa Civil, chegando a ser homem de maior confiança do prefeito de Manaus Arthur Neto (PSDB).

Ficha suja

O Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), julgou as contas de Márcio Noronha irregulares, na época em que exerceu a função de secretário de comunicação no ano de 2013. Nos bastidores a saída de Márcio foi conturbada, o próprio Arthur Neto o classificou como “ladrão” em uma conversa de bastidores com correligionários.

A administração de Márcio ficou conhecida como protecionista ao prefeito e foi onde se originou o gabinete do ódio de Arthur Neto para blindá-lo contra críticas a sua administração, seu retorno não somente a sobriedade da Semcom, mas também a dignidade de qualquer administração.

Márcio Noronha foi agente do Grupo Diário de Comunicação, onde trabalhou durante muitos anos. Além da Semcom, Noronha passou pela Secretaria de Governo (Semgov) e Casa Civil na gestão de Arthur Neto.

Share: