Ministro disse que a adoção de usinas já era uma decisão do Governo do Estado e que ministério assumiu essa aquisição

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse em pronunciamento hoje que o Ministério da Saúde vai trazer dez usinas geradoras de oxigênio para Manaus, que serão instaladas nas unidades de saúde do Estado para atender a demanda, que aumentou mais de 380% com a alta de internações e abertura de novos leitos pelo Governo do Estado, que triplicou a oferta de leitos para Covid-19.

“As usinas geradoras, já era uma decisão do Estado, Ministério tá assumindo a frente para poder ter velocidade, comprar, transportar, instalar em quatro dias. E essas 10 usinas geradoras vão resolver o problema dos hospitais. As 10 usinas geram 5 mil metros cúbicos”, disse o ministro.

Além disso, por uma articulação do Comitê de Enfrentamento à Covid-19, do Governo do Amazonas, as Forças Armadas estão apoiando o transporte de oxigênio de outros estados para Manaus.

Na manhã de hoje, o governador Wilson Lima acompanhou a chegada de mais uma remessa de oxigênio, na Base Aérea de Manaus. No total, somando o oxigênio transportado em isotanques e cilindros, o Amazonas está recebendo 27 mil metros cúbicos do produto para abastecer a rede estadual de saúde.

Share: