Sassá da Construção chamou Braga de ‘golpista’ e disse que a militância não vai apoiá-lo.

O clima esquentou na convenção estadual do PT, neste sábado (30), quando o candidato Thiago Medeiros rebateu argumento do vereador e candidato a deputado federal Sassá da Construção Civil (PT) que afirmou que a militância do partido no Amazonas não apoia a pré-candidatura ao Governo do Estado, do senador Eduardo Braga (MDB), e chamou o emedebista de ‘golpista’.

“Quero dizer que golpista aqui não tem vez. […] Eu não vou pedir a benção de ninguém e vou apoiar o presidente Lula. O senador Eduardo Braga está fora do meu apoio”, disparou Sassá no evento realizado no Sindicato dos Metalúrgicos do Amazonas (Sindimetal).

Durante sua fala Thiago rebateu o argumento de Sassá citando o senador Omar Aziz (PSD), pré-candidato a reeleição, que já foi investigado na Operação Maus Caminhos, e também está sendo apoiado pelo ex-presidente Lula neste pleito.

“Se você não aceita a decisão ou pede pra sair ou fica calado. O PT não é uma pessoa, mas somos todos nós. E temos o ideal de eleger Lula. E para eleger Lula tivemos que aceitar o Alckmin e vamos ter que aceitar a direção nacional do partido. Se for pra falar de golpista, o Omar também foi e nós estamos aqui aceitando”, ressaltou.

 

Share: